TV digital - Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

TV digital - Apresentação

Criado em Quarta, 24 Setembro 2014 10:16 | Última atualização em Quinta, 06 Outubro 2016 15:16

Em 2006, o governo criou o Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre (SBTVD-T), por meio do decreto nº 5.820, que estabeleceu as diretrizes para que as emissoras e retransmissoras de televisão migrem o seu sistema de transmissão da tecnologia analógica para digital.

A nova plataforma possibilita o recebimento da imagem em alta resolução, sem os chuviscos e sombras comuns na tecnologia analógica. Mais do que isso, a transmissão digital possibilita a interatividade, por meio do Ginga - sistema desenvolvido no Brasil que permite o acesso a conteúdos e serviços disponibilizados pelas empresas de televisão.

Em fevereiro de 2014, já eram quase 4 mil geradoras e retransmissoras no Brasil com sistema digital implantado, cobrindo cerca de 60% da população.

O sistema de televisão digital utilizado no Brasil (ISDB-T), fruto de parceria com o governo japonês, também foi adotado por outros países da América latina e da África, como Argentina, Chile, Uruguai, Peru, Equador e Botsuana.

A transição do sistema de transmissão analógica para o SBTVD-T está prevista para começar em 2015, com um desligamento-piloto na cidade de Rio Verde (GO), e terminar em dezembro de 2018. No fim deste processo, os canais utilizados para transmissão analógica serão devolvidos à União.

Fim do conteúdo da página